ROI de treinamento: veja como investir em treinamento corporativo é estratégico

Marcos Paulo Barbosa
ROI de treinamento: veja como investir em treinamento corporativo é estratégico

Investir na educação e capacitação dos colaboradores é, sem dúvidas, a solução para diversos problemas dentro das empresas. E assim como qualquer investimento, é preciso saber se ele está indo conforme o planejado. Para isso, na capacitação, é preciso calcular o ROI de treinamento! 

Vivemos tempos de incertezas econômicas, por isso é necessário utilizar todos os recursos com sabedoria, investir nas áreas certas e acompanhar, bem de perto, se os investimentos estão dando frutos.

Se você precisa de ajuda para definir o ROI em treinamento e desenvolvimento que sua empresa obteve, está no lugar certo, continue conosco e anote nossas dicas!

O que é o ROI de treinamento?

Em tradução livre, ROI (Return Over Investment) significa Retorno sobre Investimento.

Esse conceito, já bastante aplicado em áreas de vendas e marketing, ajuda as empresas a descobrirem se os investimentos estão dando resultado financeiro.

O que poucos sabem, é que ele também pode ser aplicado na área de RH da empresa.

Em resumo, o ROI consiste em uma fórmula matemática que mostra se os resultados estão superando, cobrindo ou abaixo dos gastos de investimento.

A fórmula é bem simples, vamos lá:

ROI = Resultado obtido – Investimento / Investimento

Por exemplo: vamos supor que um treinamento custou R$10.000 e resultou em um aumento de R$60.000 de vendas. O cálculo fica:

ROI = 60.000 – 10.000 / 10.000

ROI = 50.000 / 10.000

ROI = 5

Simples, não é mesmo?

Mas além de obter um número, é preciso saber o que fazer com ele, como aplicar na prática e mudar o que for necessário.

É importante que o resultado seja positivo. Caso contrário, você pode tentar investigar se não houve, pelo menos, algum benefício social ou não quantificável, como aumentar a motivação dos funcionários após o programa.

Nestes casos, cabe aos gestores verificar se a perda é justificável, dado o dinheiro gasto. Uma perda pequena pode ser compensada, por exemplo, por um melhor ambiente de trabalho entre seus colaboradores.

Como calcular o ROI em treinamentos corporativos?

Realizar um processo de treinamento corporativo geralmente significa que a organização tem interesse em aumentar o seu lucro. Para isso, calcular o ROI em treinamentos corporativos é indispensável. 

Para ajudar você nessa tarefa, nós listamos 4 passos para você calcular o ROI das iniciativas de educação corporativa do RH da sua empresa.

Quer entender como mensurar o desenvolvimento das habilidades profissionais? Então continue com a gente!

  1. Faça o levantamento dos custos do treinamento

O primeiro passo é levantar todos os custos (diretos e indiretos) envolvidos no planejamento, contratação e avaliação dos resultados dos treinamentos. Você deve considerar tanto o custo do programa em si como as horas de trabalho que os colaboradores ficam em qualificação. 

Já em treinamentos corporativos online, essas despesas geralmente não precisam ser contabilizadas. 

  1. Selecione indicadores e resultados que você deseja avaliar

Como sabemos, o objetivo do cálculo do ROI é comprovar o custo-benefício dos treinamentos corporativos à alta gestão da empresa. E, para chegar a números convincentes, a escolha dos indicadores que o RH vai avaliar é fundamental.

Os indicadores e resultados podem ser organizados em dois campos principais: os de fácil mensuração e os de difícil mensuração.

Resultados mais objetivos e tangíveis, como o aumento no número de vendas ou o crescimento da participação no mercado, podem ser mensurados mais facilmente com a ajuda de dados. 

Já a mensuração dos indicadores menos objetivos, geralmente relacionados ao desenvolvimento de habilidades socioemocionais, é um pouco mais complexa, mas não impossível. 

  1. Atribua um valor monetário aos resultados

Na prática, isso significa expressar em números as vantagens financeiras que a empresa obteve com os treinamentos.

É possível calcular os resultados mais objetivos, como a produtividade, com base no volume de entrega dos colaboradores.

Para atribuir o valor monetário ao resultado, é só comparar os números anteriores e posteriores ao treinamento, transformá-los em porcentagem e aplicar ao salário dos colaboradores.

  1. Isole os efeitos do treinamento

Para essa tarefa, uma alternativa é criar grupos de controle.

Antes do treinamento, crie dois grupos de colaboradores com características similares e avalie o desempenho de cada grupo com base na habilidade que a empresa quer aprimorar.  Se necessário, utilize a estratégia de avaliação dos líderes, que citamos anteriormente.  

Depois, ofereça a qualificação para apenas um grupo e compare a performance das duas equipes.

O resultado pode ser muito valioso para a construção do argumento de que o treinamento corporativo gera efeitos positivos para a empresa.

Como comprovar ROI em treinamento e desenvolvimento? 

Agora que você já sabe que o cálculo não é tão difícil, vamos entender como comprovar e realizar essa avaliação dos treinamentos:

Levante custos

Para saber o quanto determinado investimento trouxe de retorno é necessário primeiro saber qual foi o valor do investimento. Realize o levantamento de todos os custos. Esse processo pode ser lento ou rápido, depende da maneira que a empresa se organiza.

Conheça os resultados adquiridos

Depois que é realizada a soma dos custos deve se analisar os resultados obtidos através do treinamento.

Os resultados são variáveis e vão desde uma diminuição do uso de papéis até o aumento de vendas. É exatamente nesta etapa que muitos dos aplicadores se perdem em como provar ROI em treinamento e desenvolvimento

Uma boa dica, é analisar os resultados comparando eles com o antes e depois de cada treinamento. 

Entenda qual a contribuição para os números

A contribuição é quando se observa os resultados obtidos e analisa qual a participação os treinamentos tiveram para que se chegasse até tal resultado. Em outras palavras, qual a responsabilidade do treinamento em determinado resultado.

Avalie todos os resultados com as equipes 

Nessa etapa leva-se em consideração a maneira em que a equipe que recebeu o treinamento se engajou e aceitou o teste. Analisando as formas que ele foi entregue, seu desenvolvimento e a maneira de aplicação.

Um exemplo: o treinamento precisa ajudar a diminuir a alta rotatividade de pessoal em X% nos próximos 3 meses; ou reduzir os acidentes de trabalho até atingir 0.

E para que sua estratégia dê certo e o ROI em treinamento seja positivo, é preciso investir em metodologias eficientes. Então, aproveite para entrar em contato conosco e descobrir de que maneira a Plantar Educação pode contribuir para melhorar a sua empresa! 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp