Multiplicadores Internos: descubra como eles melhoram seus treinamentos

Josivan Mesquita da Conceição
Multiplicadores Internos

Você sabe o que são multiplicadores internos de conhecimento? Eles podem estar presentes em todos os setores da sua empresa e garantem um processo de treinamento mais eficaz na sua organização. 

Identificar e incentivar os seus multiplicadores internos da forma correta pode trazer ótimos resultados a curto e longo prazo para a sua empresa e colaboradores. No entanto, para muitos gestores, a definição e atribuição de tarefas a estes multiplicadores ainda é um desafio. 

Por isso, para facilitar o entendimento acerca dos multiplicadores internos, suas atribuições e benefícios que podem trazer a sua empresa, preparamos o conteúdo a seguir. A partir dele, você entenderá quem são os seus multiplicadores internos de conhecimento e como eles podem melhorar os processos de treinamento na sua empresa. Vamos lá?

O que são os multiplicadores internos? 

A disseminação do conhecimento dentro de uma empresa pode acontecer de diversas maneiras. Pode ser através do treinamento que a empresa dispõe, das experiências no ambiente de trabalho e, claro, do compartilhamento entre colegas. 

Quando falamos do compartilhamento de conhecimentos na empresa, estamos falando também da qualidade do trabalho que, em muitos casos, acontece de maneira informal. Colaboradores específicos assumem uma postura de facilitadores dos processos de aprendizagem, seja tornando processos mais viáveis a outros colaboradores, como compartilhando conhecimento técnico. 

Chamados de multiplicadores internos do conhecimento ou simplesmente de multiplicadores internos, estes colaboradores que assumem este papel de instrutores e facilitam a aprendizagem dentro da empresa. Eles recebem este nome porque, na prática, multiplicam a disseminação do conhecimento dentro da empresa ao instruir e orientar colegas acerca do trabalho. 

Os multiplicadores internos podem atuar de diversas formas e com variados focos: podem compartilhar sua experiência, oferecer conhecimento técnico e auxiliar colegas a adquirirem novos conhecimentos. Por compartilharem o mesmo ambiente de trabalho, pode haver uma menor resistência dos colaboradores para com os multiplicadores, o que pode facilitar a aprendizagem. 

Identifique seus multiplicadores

Dessa forma, estes multiplicadores se tornam grandes aliados dos treinamentos na empresa, uma vez que fazem parte ou mesmo complementam o conhecimento adquirido pelos colaboradores. Por isso, é importante que as empresas saibam identificar e incentivar estes colaboradores, incluindo-os como parte do processo de treinamento e desenvolvimento do seu time profissional. 

Identificar um multiplicador interno do conhecimento na sua empresa é uma tarefa similar à de encontrar líderes. Este processo de identificação e inclusão pode ser feito pelo seu time de recursos humanos e partir daí você poderá incluir estes multiplicadores em seus projetos ou programas de treinamento. 

Sabendo disso, é preciso dizer que a identificação dos multiplicadores internos não é a única parte do processo de inclusão deles nos treinamentos. É necessário que a empresa viabilize formas para que este colaborador possa ser bem sucedido em seu processo de disseminação do conhecimento. 

Formação de multiplicadores internos 

Vimos antes que os multiplicadores internos estão dentro da sua empresa e podem já estar atuando, mesmo sem o apoio ou a formalidade de um treinamento. Também falamos sobre como eles podem ser identificados e da importância que eles podem ter para os processos de treinamento. Porém, a identificação e inclusão dos multiplicadores também passa por uma questão a mais: a sua formação. 

Levando em consideração a grande quantidade valores humanos dentro da sua empresa, assim como podem existir líderes natos, também é possível ter bons multiplicadores logo de cara. No entanto, este nem sempre será o caso, nesse ponto a sua busca será pela identificação de candidatos que podem potencialmente se tornarem multiplicadores. 

Independentemente de qual situação a sua empresa se encaixa, você terá que cuidar da formação de multiplicadores que atinjam os objetivos programados. Mais do que um conhecimento técnico a ser repassado, é preciso que um multiplicador saiba como planejar, ensinar e compartilhar através de um treinamento. Além da formação, um professor precisa aprender a ensinar, e é exatamente isso que o multiplicador da sua empresa precisará aprender a fazer. 

Ensinando a ensinar

Assim que você identificar os seus multiplicadores internos, é necessário que você também cuide do treinamento destes colaboradores para que eles possam repassar estes conhecimentos da melhor forma. Para que isso aconteça, atente-se a treinamentos relacionadas a gestão do conhecimento, ensino e aprendizagem para os seus multiplicadores internos. 

Um outro ponto importante é atentar-se para que o multiplicador entenda os objetivos e esteja incluso dentro da elaboração dos programas de treinamento, por exemplo. Assim, ele terá a completa dimensão do processo de aprendizagem no qual está incluso, bem como dos objetivos e metas dos treinamentos. 

Por fim, mas não menos importante, faça todo o controle do processo de treinamento ao colher feedback tanto dos colaboradores como também dos multiplicadores. Dessa forma, você pode identificar falhas no processo de treinamento e torná-lo ainda melhor para as pessoas envolvidas nele. 

Vantagens de ter multiplicadores internos nos treinamentos 

Trazer os multiplicadores internos para a realidade dos treinamentos na sua empresa pode trazer uma série de benefícios que vão além da aprendizagem de colaboradores em si. As mudanças positivas que a promoção de multiplicadores internos traz para a cultura da empresa são inúmeras, uma vez que estamos tratando também de relações e qualidade de vida no trabalho

Sabendo disso, é possível listar algumas das principais vantagens de incentivar e trazer multiplicadores internos para o ambiente corporativo. Dentre algumas das principais vantagens dos multiplicadores de conhecimento, podemos citar: 

Cultura participativa 

Ao incluir um multiplicador dentro dos processos de treinamento da sua empresa você também pode fomentar ao mesmo tempo uma cultura de participação e colaboração. Quando um rosto familiar faz parte do treinamento, é mais comum que os colaboradores sejam mais abertos, receptivos e participem mais. 

Fazer isso também ajuda melhor as dinâmicas no ambiente de trabalho e melhorar o clima organizacional como um todo. Por isso, atente-se para as transformações culturais positivas que a adoção dos multiplicadores internos nos treinamentos pode proporcionar. 

Conhecimento prático aplicado 

Outra vantagem de ter multiplicadores internos na sua empresa é o aumento da capacidade aplicabilidade prática dos conhecimentos no ambiente de trabalho. Por conhecerem as dinâmicas e a cultura da empresa, os multiplicadores são capazes de adaptar certos conhecimentos para a realidade da empresa e sua atuação. 

Dessa forma, os conhecimentos obtidos através do treinamento podem ser melhor aproveitados e atender às reais necessidades da empresa, bem como criar maneiras para atravessar mudanças futuras. 

Custos menores de treinamento 

Além de tornar os treinamentos processos mais fluidos e vias de mão dupla, os multiplicadores internos também podem reduzir os seus custos com treinamento e desenvolvimento. Eles podem atuar como parte integral da garantia do aprendizado, preenchendo lacunas que possam ter sido deixadas para trás no processo de treinamento. 

Assim, você não terá encargos extras ou maiores relacionados ao treinamento de seus colaboradores, gerando menores custos ao mesmo tempo que garante a qualidade de aprendizagem na organização. 

Equipe melhor qualificada 

Quando se trata dos multiplicadores internos, uma equipe melhor qualificada também inclui estes colaboradores que atuam como instrutores dentro da empresa. Levando em consideração a pirâmide aprendizagem, ensinar também é uma forma de aprender e isso vale também para os multiplicadores internos na sua empresa. 

Assim como os seus colaboradores se tornam melhores profissionais, os multiplicadores internos também aprendem, além disso, a como serem melhores líderes e instrutores. Quando incentivado da maneira correta, isso só traz benefícios para a empresa. 

Ferramentas para auxiliar os multiplicadores internos 

Tão importante quanto o conhecimento e a aprendizagem em si são as plataformas e ferramentas utilizadas para viabilizar e melhorar estes aprendizados. Por isso, também é preciso que a empresa observe os principais formatos disponíveis para a criação de programas de treinamentos eficazes. 

No atual mundo digital, temos a nossa disposição ferramentas como e-books, vídeos, podcasts e plataformas digitais diversas que podem diversificar seus treinamentos e torná-los mais dinâmicos. Com elas, o processo de treinamento ainda mais facilitado e próximo das pessoas que compõem a sua empresa sem comprometer o aprendizado. 

Sabendo disso, a Plantar conta com uma série de soluções em educação corporativa como disponibilização de consultoria educacional, universidade corporativa e aprendizagem digital. Gostou da ideia? Fale agora com um de nossos especialistas e garanta treinamentos de maior qualidade e com resultados altamente positivos para a sua empresa. 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp