Turnover: o que é e como calcular os impactos para a empresa

Marcos Paulo Barbosa

Turnover é um índice que calcula a rotatividade dos colaboradores. Ou seja, a quantidade de profissionais que deixam uma empresa em determinado período e precisam ser substituídos.

Quando bem trabalhado, o turnover pode indicar para as empresas coisas importantes como:

  • Qualidade do processo de recrutamento e seleção;
  • Qualidade do onboarding, ou seja, o processo de admissão de um funcionário;
  • Capacidade de retenção de talentos na empresa.

Sendo assim, você deve saber que é mais barato reter funcionários do que contratar novos, certo? E que as pessoas não tendem a querer usufruir de uma empresa que não consegue nem manter funcionários por muito tempo. 

Nisso está a importância de entender a fundo sobre a rotatividade. Continue acompanhando os conteúdos e saiba como calcular! 

Afinal, o que é Turnover?

Na área de Recursos Humanos essa palavra refere-se às entradas e saídas de funcionários em determinado período de tempo. Gerenciar o Turnover é um grande desafio para essa área, uma vez que ele possui diversas causas e pode gerar prejuízo financeiro para as empresas.

O desafio não está propriamente em identificar a taxa de rotatividade, mas em mantê-la em um nível considerado normal e em casos onde a taxa for muito alta, criar planos de ação para reduzi-la.

O índice de rotatividade não é de todo ruim e tem vantagens, mas vai depender da forma de gestão e dos objetivos da empresa no mercado. Alguns benefícios do turnover servem para mudar ou melhorar os processos e o comportamento interno a partir da investigação aprofundada sobre as causas e o efeito experimentado.

A importância de calcular o índice de rotatividade de funcionários

Frequentemente pessoas são contratadas e demitidas nas organizações, mas você já parou para analisar qual o custo dessas movimentações para uma empresa?

Veja bem, os gastos envolvem os processos de recrutamento, seleção, treinamento, existem casos mais graves onde quando o funcionário é desligado leva junto com ele uma carteira de clientes, deixando a empresa em desvantagem.

Para compreender como funciona esse efeito, é necessário entender os motivos que podem ocasionar a rotatividade em seu negócio. Confira algumas das principais razões:

  • Insatisfação com o trabalho;
  • Problemas na gestão de pessoas;
  • Clima organizacional ruim;
  • Mercado de trabalho aquecido;
  • Inadequação ao perfil da vaga;
  • Pouca experiência.

Quais são os tipos de turnover?

Existe uma imensa série de razões para que empregados ingressem em uma empresa ou se desliguem. Aqui, veremos os quatro tipos de turnover que costumam ser considerados, em teoria clássica de recursos humanos e administração de empresas.

Turnover voluntário

O primeiro tipo de turnover a ser considerado é o voluntário. Nesse caso, colaboradores voluntariamente se desligam da empresa ou deixam seus postos.

Ele pode ocorrer por diversos fatores, como:

  • Quando o colaborador recebe uma ou mais ofertas de trabalho em outras empresas, que superam seus ganhos ou tenham características de maior apelo na sua carreira ou metas pessoais;
  • Conflitos internos que levem a situações nas quais o funcionário prefere buscar novas oportunidades;
  • Falta de planos de carreira claros, que levam o profissional a arriscar iniciar um novo ciclo em outro empregador.

Turnover involuntário

Um segundo tipo de turnover é o involuntário. Nesse caso, é a empresa que toma a decisão de desligar o funcionário ou colaborador. Os motivos podem ser diversos e, no caso de alguns, a própria organização não tem muita escolha.

Alguns fatores para que isso aconteça são:

  • Desligamentos por baixa performance do empregado ou desempenho aquém das metas estabelecidas pela empresa;
  • Quebra de cláusulas contratuais;
  • Conflitos com outros colaboradores, chefias ou interdepartamentais;
  • Crises e dificuldades financeiras da organização.

Quais são as reais causas do turnover?

Esse efeito que resulta na rotatividade de colaboradores tem uma série de motivos dentro das empresas. Na maioria das vezes, os índices elevados de turnover são consequência de um ou mais fatores, como: 

  • Cultura organizacional tóxica: quando a cultura oprime ao invés de estimular, os profissionais se lançam no mercado em busca de novas oportunidades;
  • Tratamento diferenciado entre colaboradores: privilégios e concessões direcionadas a apenas alguns colaboradores ou equipes específicas geram desconforto; 
  • Falta de oportunidades: organizações que não investem em treinamentos acabam desmotivando seus colaboradores e perdendo seus melhores talentos;
  • Falta de reconhecimento: invista em promoções, estabeleça planos de carreira, desenvolva gratificações ocasionais
  • Conflitos com a gestão: Perseguições, punições, antipatias, desmandos e comunicação ineficiente são algumas das razões para um colaborador desejar seu desligamento;
  • Sobrecarga, desgaste físico e emocional: faz com que muitos profissionais sofram de adoecimento no ambiente de trabalho. 

Como calcular o turnover de uma empresa?

Você já sabe o que é turnover, agora, ensinaremos como encontrar a taxa na sua empresa. 

Considere o número de colaboradores admitidos em um determinado período, some à quantidade de profissionais demitidos nesse mesmo tempo e divida por dois. Agora, divida pelo total de número de colaboradores da empresa e multiplique por 100. Assim, teremos a taxa de turnover exata da organização em que você trabalha.

Aqui vai um exemplo para ficar mais fácil: suponha que a sua instituição tenha feito uma admissão de 15 colaboradores e, nesse mesmo tempo, demitiu 5 pessoas. Sabendo que a organização tem 120 profissionais, teremos o seguinte cálculo:

(15 + 5) / 2 = 10

10/ 120 = 0,08

0.08 x 100 = 8%

Sendo assim, a taxa de turnover da sua empresa é de 8%. 

Não existe uma taxa de turnover aceitável. Entretanto, há especialistas que dizem que se uma empresa chegar aos 5% já é motivo para se preocupar.

Você percebeu como é importante entender o que é turnover para aumentar a produtividade e melhorar a imagem da sua empresa? A rotatividade influencia a percepção do cliente sobre a capacidade de consistência da sua empresa. Lembre-se que a redução da taxa de rotatividade traz uma série de benefícios e redução de custos para a empresa.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp