Gestão Educacional: como fazer uma melhor gestão na sua instituição

Josivan Mesquita da Conceição
Gestão Educacional

Construir processos de aprendizagem que sejam funcionais e tragam os resultados esperados é um desafio para qualquer gestor na área educacional. Para empresas na área da educação, esse desafio cresce ainda mais quando se coloca a frente a legislação e desafios que uma administração coerente enfrenta. 

Por isso, a gestão educacional surge como forma de atender às necessidades de instituições de ensino e empresas que desejam melhorar a aprendizagem em seus ambientes.

A gestão educacional vai observar questões diversas que vão desde diretrizes gerais do estado que dão base para a gestão quanto a administração dos recursos disponíveis para a concretização do planejamento. Para isso, um gestor educacional competente e que tenha uma melhor visão de gestão voltada para a educação é indispensável no processo. 

Quer saber um pouco mais sobre gestão educacional e como a sua aplicabilidade da maneira correta pode beneficiar a sua empresa? Continue a leitura a seguir e veja como!

O que faz a gestão educacional? 

Atualmente sabemos que qualquer organização atuante no mercado deve contar com um conjunto de planos e ações adaptados e focados nos objetivos para obter resultados positivos. Para isso, uma administração eficaz de todos os recursos, pessoas e ações é indispensável para o a sobrevivência e sucesso da organização como um todo.

Todo esse processo fica ainda mais complexo quando consideramos as instituições de ensino que além do processo administrativo também precisam se preocupar com outro fator crucial: a qualidade da aprendizagem daqueles inseridos na instituição. 

Considerando todos esses pontos, a gestão educacional é a ferramenta responsável por gerir os aspectos administrativos e também pedagógicos exigidos em uma instituição de ensino. O principal foco da gestão educacional é otimizar os processos dentro da instituição de ensino com o intuito de tornar o ensino mais eficaz.

Por isso, o gestor educacional precisa considerar os aspectos financeiros, de estrutura, de pessoal e ações a nível pedagógico que irão de alguma forma impactar a qualidade do aprendizado dentro destas instituições de ensino. 

Para observar todos estes aspectos o ideal é que o gestor educacional tenha o conhecimento não somente nas áreas de gestão, para permitir uma melhor administração da instituição em questão, como também formação pedagógica para avaliar a qualidade dos planos de ensino.  

Aspectos chave da gestão educacional 

Ao ver a instituição de ensino como uma prestadora de serviços e também uma formadora em áreas específicas, a gestão educacional busca um equilíbrio e sinergia entre as atividades dentro da instituição. Para isso, o gestor educacional deve observar e administrar diversos aspectos que envolvem: 

Gestão financeira

Dentro a gestão educacional, um ponto importante é a administração financeira e de outros recursos na instituição de ensino. Assim como toda organização, uma instituição de ensino precisa de bem mais do que simplesmente cobrir os próprios custos, pois também é necessário destinar estes recursos adequadamente e justificar cada um dos investimentos aplicados para melhoria do ensino ou da estrutura.

É preciso lembrar que instituições de ensino em alguns casos constituem empresas e marcas que crescem em reputação e lucratividade, algo a ser observado pelo gestor educacional responsável. 

Gestão de RH

Como a gestão educacional também visa a otimização dos processos dentro da instituição de ensino, a administração da instituição também é trabalho do gestor educacional.

As pessoas envolvidas no processo de aprendizagem, dos instrutores até os técnicos, impactam também na qualidade de ensino provido pela instituição. Por isso, cabe dizer aqui que esta administração é bem mais do que delegar tarefas. É preciso garantir a qualidade das condições e do trabalho destas pessoas para o atingimento do objetivo maior da instituição: o ensino e aprendizagem. 

Gestão pedagógica

Conforme vimos anteriormente, um gestor educacional também precisa estar atento aos modelos pedagógicos relacionados ao ensino e a aprendizagem. É papel do gestor manter toda a equipe pedagógica engajada com os objetivos e sempre focada em práticas de ensino que sejam eficazes e que garantam maior aprendizado.

Diferentemente da gestão de pessoal, a gestão pedagógica vai focar nas práticas e nos processos de ensino e aprendizagem, dessa forma, erros nos planos de ensino podem ser corrigidos e o processo de aprendizagem dos seus alunos se torna mais eficaz. 

Gestão da comunicação

Fator chave para o sucesso de uma instituição de ensino enquanto organização prestadora de serviços, também faz parte do processo de gestão educacional a gestão da comunicação. Mais do que se comunicar propriamente para fora, também é necessário observar como funcionam e otimizar os processos de comunicação interna e como ela funciona para otimizar a comunicação de toda a equipe da instituição.

Isso exigirá uma identificação dos fluxos de comunicação na instituição, a forma como eles funcionam e o que pode ser otimizado no processo comunicacional. 

Gestão dos processos e metodologias

A gestão dos processos é outro elemento crucial da gestão educacional dentro das instituições de ensino. Como se dá o contato dos alunos com o conteúdo? Como funciona o andamento das aulas? Qual a dinâmica de trabalho da equipe e como eles trabalham com estes alunos? Estas são algumas perguntas que podem auxiliar na otimização de processos e na adoção de metodologias mais ágeis dentro da instituição.

Ao identificar o que pode ser mudado para melhor fará com que a maturidade da gestão amadureça e, assim, identifique problemas nos processos mais rapidamente. 

Outro aspecto importante a ser observado pelo gestor educacional, no caso das escolas, é a observação das regras vigentes nas esferas federal, estadual e municipal. Essas esferas possuem um conjunto de diretrizes próprios para a educação e influenciam a administração das instituições. Dessa maneira, cada uma destas entidades vai definir um conjunto de diretrizes gerais que podem mudar a forma como a instituição de ensino atua. 

O gestor educacional não desempenhará essa gestão sozinho, ele terá que contar com um time pedagógico e administrativo competente. No entanto, é preciso que o gestor tenha uma dimensão básica de todos estes aspectos para construir uma gestão eficiente. 

Novas tecnologias e modelos de gestão

Levando em consideração a revolução trazida pelas novas tecnologias da informação e da comunicação, o processo de gestão educacional também é influenciado por essas mudanças. Com isso, surgem novas formas e ferramentas que facilitam o processo de gestão de instituições de ensino.

transformação digital, para qual organizações de todos portes e setores estão caminhando configura um novo cenário onde o digital se fará cada vez mais presente, e no caso do ensino e aprendizagem isso não é diferente. 

Empresas adotam plataformas digitais para qualificar seus colaboradores, pessoas buscam cada vez mais modelos de ensino EAD e ferramentas digitais diversas tem colocado dados mais rapidamente na mão de gestores em todas as áreas. Dessa forma, isso também impacta a educação corporativa e faz com que ela se torne mais dinâmica e eficaz.

A gestão educacional é uma prática que já se expandiu para além das escolas há bastante tempo, se fazendo presente em diferentes áreas e organizações. Isso porque elas permitem uma administração mais fluida e também uma otimização na qualidade de seus processos através da educação.

As universidades corporativas, projetos de letramento e de aprendizagem digital só se tornaram possíveis depois de aliar a educação e sua gestão às novas tecnologias. Isso facilita a administração destas instituições, como também auxilia alunos em todas as faixas a conquistarem um aprendizado de maior qualidade. 

Em conclusão, a gestão educacional aliada às novas tecnologias é uma ferramenta que chega para beneficiar gestores, instituições, equipes e alunos presentes dentro delas.

Portanto, uma gestão educacional cada vez mais inteligente é capaz de gerar uma gama de benefícios para todas as instituições que desejam crescer no mercado. Assim elas também entregam ensino e geram aprendizagem com cada vez mais qualidade. 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp