Educação Emocional: por que ela é necessária nas empresas modernas?

Josivan Mesquita da Conceição
Educação Emocional

Atualmente, o equilíbrio entre o controle emocional e as atividades profissionais tem se tornado um foco no ambiente corporativo. Por isso, a educação emocional tem se tornado parte também das ações de educação corporativa dentro das empresas. 

Sendo assim, os setores de gestão de pessoas tem buscado alternativas para tornar a educação emocional um fator importante nas organizações. No entanto, muitos desses gestores ainda não sabem ao certo como abordar essa iniciativa e por que ela é tão necessária nos dias atuais. 

Então, o artigo a seguir vai explicar melhor o que é educação emocional e dar dicas pra você torná-la uma frequente na dinâmica da sua empresa. 

Vamos lá?

Educação emocional e a educação corporativa 

A busca por profissionais que tenham pontos fortes em soft skills além do conhecimento técnico cresceu muito nos últimos anos. As empresas e o mercado perceberam que o conhecimento puramente técnico já não é mais suficiente e que o profissional do futuro precisa ter autoconhecimento. 

Nesse caso, competências como bom trabalho em equipe, gestão de tempo e, claro, inteligência emocional ganharam destaque nos últimos anos. Como resultado, profissionais e empresas focaram seus esforços para outras formas de se educar e se preparar diante desse cenário. 

E é aqui que entra a educação emocional como uma forma de criar profissionais com melhor qualidade de vida no trabalho e que possuem esse autoconhecimento. Além disso, a educação emocional também tem sido tema de cursos e treinamentos com objetivo de desenvolver e transformar positivamente esses profissionais. 

Mas o que é educação emocional? Na prática, ela visa um melhor entendimento das emoções afim de que o indivíduo entenda a si próprio e tenha maior controle emocional. Dessa forma, é possível cultivar e ter maior inteligência emocional mesmo em momentos de crise e mudanças, ambos comuns no meio corporativo. 

Portanto, é objetivo da educação emocional desenvolver pessoas, o que consequentemente também pode torná-las melhores profissionais. Em um mercado em constante mudança e que exige cada vez mais foco e equilíbrio dos profissionais, a inteligência emocional se torna uma soft skill valiosa. 

Dentro das empresas, a educação corporativa tem sido a ponte para que empresas promovam uma melhor educação emocional para seus colaboradores. Porém, essa é uma realidade recente para muitas empresas e gestores, que ainda enfrentam desafios para trabalhar a educação emocional em seus ambientes internos. 

Educação emocional nas empresas 

Quando o assunto é inteligência emocional, a demanda por profissionais que tenham essa soft skill só cresce no mercado. Por isso, os investimentos por parte das empresas na busca e desenvolvimento de pessoas com educação emocional cresce proporcionalmente. 

Outro elemento importante é que os resultados trazidos por pessoas com educação emocional desenvolvida também demonstram crescimento dentro das empresas. Segundo um estudo feito pela empresa de consultoria estadunidense TalentSmart, cerca de 58% do desempenho profissional tem relação com a inteligência emocional. 

Além disso, o estudo também apontou que a produtividade de pessoas com inteligência emocional é cerca de 20% maior. Ou seja, pessoas que possuem educação emocional elevada e inteligência emocional não só produzem mais, como também produzem melhor. 

Isso demonstra que investir em educação emocional pode ser a saída para desenvolver um time com melhores relacionamentos e autoconhecimento. Como resultado, é possível colher equipes mais produtivas, mas também mais propensas a se desenvolver e enfrentar momentos de crise com menos dificuldades. 

Em outras palavras, a educação emocional no ambiente corporativo pode ser uma via de duplo benefício para empresas e pessoas. Com isso, é possível potencializar resultados que vão desde o desenvolvimento profissional até o desenvolvimento pessoal e humano. 

Como estimular a educação emocional positiva 

Conforme vimos, a educação emocional pode trazer inúmeros benefícios tanto para os profissionais quanto para as empresas em que atuam. No entanto, saber como estimulá-la na empresa ainda confunde gestores na área. 

Por outro lado, existem diversas formas de promover e começar a trabalhar a educação emocional dentro da sua organização. Ações que vão desde pesquisa de clima organizacional até treinamentos corporativos que podem te ajudar a estimular a educação emocional dentro do seu time de colaboradores. 

Investir em cursos e treinamentos na área 

Uma das primeiras iniciativas que você pode adotar é o investimento em cursos e treinamentos voltados para a educação emocional. Portanto, treinamentos comportamentais, capacitação de lideranças e ações que visem o bem estar são apenas algumas das opções disponíveis dentro das empresas. 

Conhecer o perfil do seu time de colaboradores e escolher o melhor formato e plataforma de aprendizagem também é indispensável nessa etapa. Por fim, faça do incentivo ao autoconhecimento uma constante na rotina da sua organização. 

Traga ações pontuais 

Muito além de criar e investir em treinamentos também é possível trazer ações mais pontuais ao ambiente corporativo que envolvam autoconhecimento e inteligência emocional. Nesses casos a promoção de eventos de autoconhecimento, bate-papo com profissionais e outras ações com foco no mindfulness são grandes aliadas da educação emocional. 

Não se esqueça que o feedback também é importante nesses casos. Por isso, ao fim de cada ação, colha e absorva o feedback para descobrir quais os tipos de ações foram mais efetivos levando em conta os resultados e adesão alcançados. 

Observe o ambiente organizacional 

Conhecer o clima organizacional e a cultura podem dar indicativos sobre como trabalhar a inteligência emocional na empresa. Sendo assim, ambientes tóxicos onde o burnout e o assédio moral se tornam comuns são emocionalmente desgastantes até mesmo para profissionais com alta inteligência emocional. 

Por isso, quando se trata de investir em ações voltadas para educar colaboradores, as pesquisas de clima podem ser grandes aliadas de transformações positivas. Dessa forma, você cria não só profissionais mais preparados, como também um ambiente organizacional mais propício para essas mudanças. 

Ouça seu time 

Se você fosse perguntado hoje como está o seu time de colaboradores do ponto de vista mental e emocional você teria condições de responder corretamente? Caso a resposta seja negativa, este é um bom elemento para começar a trabalhar quando se trata de educação emocional. 

Pouco adianta ter diversas ações e investir em estrutura e treinamento se não há abertura suficiente para escutar seu time. Por isso, crie e gerencie canais para ouvir seu time e para que eles tenham condições de crescer por meio dos aprendizados da educação emocional. 

Transforme sua empresa com a Plantar 

Quer começar a investir na qualificação e treinamento do seu time de colaboradores? Comece com uma plataforma de educação corporativa ampla e de qualidade como a Plantar! 

Com a Plantar Educação você tem uma universidade corporativa pronta para treinar colaboradores, fazer onboarding e ter relatórios de aprendizagem personalizados. Tudo com a facilidade, rapidez e flexibilidade que apenas uma plataforma digital consegue oferecer. 

Comece hoje a plantar educação corporativa na sua empresa e colha melhores resultados no futuro! Vem pra Plantar! 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp