Saiba como aplicar a curadoria de conteúdo na educação corporativa

Marcos Paulo Barbosa
Saiba como aplicar a curadoria de conteúdo na educação corporativa

Investir em curadoria na educação corporativa faz a diferença para os resultados alcançados pelas organizações. Além de ampliar os conhecimentos de colaboradores, esse processo os direciona para as necessidades reais de seu cargo.

Ele permite que as organizações explorem seu banco de conhecimento existente e garantam que conteúdo selecionado e com curadoria possa equipar seus alunos com as informações corretas.

Pode parecer complexo, mas já parou para pensar que você faz curadoria inclusive ao escolher um texto, uma figura ou uma frase para postar em suas redes sociais?

Então, podemos perceber que a curadoria de conteúdo pode parecer um trabalho simples, você pode levar muito tempo para selecionar bons materiais e encontrar expertises que falam do assunto. 

O que é a curadoria na educação corporativa?

Curadoria na educação corporativa é um processo de triagem de formatos e conteúdos, resultando em treinamentos alinhados às expectativas de profissionais e empresas.

Por meio desse conceito, as companhias podem oferecer cursos, eventos, workshops e outros tipos de capacitação pensados de acordo com o que suas equipes e funcionários precisam.

Os curadores de educação corporativa selecionam as fontes de interesse e as apresentam de maneira atraente aos alunos, a fim de facilitar e reforçar o aprendizado.

Seguindo as trilhas propostas, profissionais terão condições de aprimorar seus conhecimentos, desenvolvendo tanto hard skills quanto soft skills.

Vale lembrar que os hard skills são habilidades formais, em geral, adquiridas por meio de fontes externas e comprovadas através de diplomas.

Já os soft skills se referem a competências comportamentais, que pedem a união de experiências e conhecimento adquirido para serem forjadas.

Como a curadoria pode ajudar as empresas?

A curadoria melhora, ainda, a qualidade dos conteúdos fornecidos ao longo das capacitações, elevando o interesse e engajamento dos profissionais.

Também permite que os produtos da educação corporativa sejam fornecidos sob diferentes formatos, priorizando aqueles que facilitam o aprendizado.

Assim, a curadoria dá suporte na formação das chamadas trilhas de aprendizagem.

Partindo das trilhas, a empresa otimiza os treinamentos internos, ao mesmo tempo em que empodera os funcionários para que identifiquem suas necessidades e escolham a melhor trajetória de aprendizado a médio e longo prazo.

Além dessas vantagens, selecionamos mais algumas. Como: 

  • Não tem data de validade: as informações estão sempre se atualizando e você não pode ficar para trás;
  • O conteúdo é testável: você consegue testar diferentes formatos, variadas combinações de materiais e até novos conteúdos por um custo muito baixo;
  • Diferentes visões abordadas: a curadoria oferece variados conteúdos e diferentes pontos de vista sobre um assunto. Afinal, é preciso ir além e se desafiar.

Como começar a curadoria de conteúdo?

Selecionamos algumas dicas para começar essas estratégia: 

Selecione fontes confiáveis

Parte do trabalho de curadoria é pesquisar e checar as fontes responsáveis pelos conteúdos, fornecendo informações confiáveis.

Desse modo, empresas e equipes podem dispor desses materiais com tranquilidade, sabendo que estão apoiados em estudos, autores e instituições de credibilidade.

Utilize um material atualizado

Vivemos na Era da Informação, que tem como característica a alta velocidade na produção e disseminação de dados.

Até mesmo teorias e ferramentas relativamente novas são atualizadas com frequência, o que implica na necessidade de aperfeiçoamento constante da educação corporativa.

Optando por uma curadoria de qualidade, as organizações garantem que seus treinamentos estejam sempre atualizados.

Conte com um curador de conteúdo especializado 

A curadoria na educação corporativa é uma sub-área dentro desse universo, pois pede a triagem de materiais de interesse, que possam agregar aprendizado e inovação às empresas.

Nesse sentido, o papel do curador de conteúdo é pesquisar e levantar informações de fontes confiáveis, que possam ser transmitidas com os devidos créditos nos canais digitais da companhia.

Geralmente, também é preciso adaptar as informações ao contexto, necessidades e desejos do público-alvo, favorecendo uma aproximação entre ele e uma marca.

Quanto maior a proximidade, maiores as chances de o consumidor adquirir um produto ou serviço de uma empresa.

Sendo assim, algumas atribuições do curador de conteúdo são:

  • Conhecer os temas de interesse da empresa;
  • Coletar e lapidar informações ou dados brutos;
  • Pesquisar por conteúdos relevantes;
  • Levantar fontes confiáveis;
  • Fazer adequações e editar os materiais de acordo com a finalidade ou estratégia de marketing digital;
  • Misturar conteúdo próprio (desenvolvido pela companhia) a informações coletadas de outras fontes;
  • Adaptar os materiais ao tom de voz, público-alvo e canais onde serão divulgados.

Percebeu a importância da curadoria de conteúdo no treinamento e desenvolvimento de pessoas? O melhor de tudo é que você pode contar com empresas especializadas para isso e que podem ajudar você a potencializar as vantagens dessa estratégia!

A curadoria é uma das tendências para quem trabalha com educação corporativa, mas não é a única! Continue acompanhando o Blog da Plantar para ficar por dentro, em primeira mão, sobre as inovações do setor. 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp