Autonomia aos colaboradores: entenda a importância e aprenda a colocar em prática

Marcos Paulo Barbosa
Autonomia aos colaboradores: entenda a importância

Muitos gestores ainda hesitam em dar autonomia aos colaboradores. Isso acontece por terem uma ideia errada de como essa autonomia pode ajudar na empresa.

Dar autonomia não é o mesmo que permitir que os colaboradores façam o que bem desejarem no ambiente de trabalho. A autonomia ao colaborador está relacionada a incentivar o colaborador a pensar fora da caixa e inovar, muitas vezes, fazendo as mesmas coisas de forma diferente.

Primordialmente, os talentos podem atuar por conta própria e solucionar os problemas com mais rapidez. Além disso, a autonomia estabelece um clima de confiança, aumenta o compromisso e até melhora a saúde do ambiente de trabalho.

Se interessou e quer saber como aplicar essa autonomia no seu ambiente de trabalho?

Continue acompanhando o conteúdo e confira as dicas que preparamos para você! 

O que é, de verdade, dar autonomia ao colaborador?

Cada colaborador tem o seu papel dentro de um todo, inclusive o gestor. Neste caso, o papel do gestor é deixar que cada célula (colaborador) tenha autonomia para entregar o resultado esperado. Isso é autonomia.

O modo como cada trabalhador desenvolve seu trabalho é único, pois cada indivíduo é único. Assim, o gestor observa os resultados que suas equipes entregam, dando autonomia para que alcancem tais resultados com criatividade.

Outro ponto que é preciso levar em consideração é que, o colaborador foi escolhido por meio de um processo de seleção e por ter sido considerado o que estava mais bem alinhado às necessidades da empresa naquele momento.

Está aí mais um motivo para que o gestor dê autonomia ao colaborador: confiança em suas capacidades e habilidades. Afinal de contas, aquela pessoa não ocupa uma vaga na sua empresa à toa, certo?

Ou seja: autonomia significa dar poder de decisão à sua equipe. 

Desse modo, os colaboradores têm voz dentro da empresa, podendo dar a sua opinião sobre as tarefas que devem ser delegadas a eles, melhor forma de trabalhar e adequação dos prazos estipulados. 

Como dar autonomia ao colaborador sem prejudicar a eficiência do trabalho?

Esse é um processo que deve acontecer de maneira gradual para minimizar possíveis impactos. 

Dar autonomia para um funcionário ainda em treinamento, por exemplo, pode levá-lo a cometer erros com consequências de grande impacto para o negócio. Pensando nisso, o ideal é tomar certas atitudes de preparo da estrutura e também da equipe.

Portanto, listamos abaixo algumas dicas para incentivar a autonomia ao colaborador. Confira!

Comunique claramente as metas a serem alcançadas

A comunicação clara e transparente é uma ferramenta poderosa no ambiente de trabalho. Dessa forma, a primeira coisa que o gestor deve fazer é comunicar claramente aos seus colaboradores as metas que deverão ser alcançadas e a expectativa de prazo para que os resultados sejam entregues.

Fazer com que os colaboradores trabalhem no escuro, sem que tenham ideia do que é esperado deles e em quanto tempo devem entregar os resultados, é atitude de quem não confia na equipe que escolheu.

Ao nortear o trabalho e estipular um prazo para que seja realizado, o colaborador pode encontrar maneiras criativas e otimizadas de entregar o melhor em menor tempo, surpreendendo pela sua capacidade de inovação.

Nem tudo deve ser controlado

Como mencionado no início deste artigo, nem tudo deve ser controlado.

Se você, como gestor e líder, comunicou claramente as metas a serem alcançadas e o prazo médio para que isso ocorra, permita que cada colaborador encontre a melhor maneira de desenvolver o trabalho e chegar ao objetivo pelas próprias pernas.

Desde que sigam os indicadores de qualidade de trabalho, deixe que cada colaborador mostre o que faz de melhor.

Mostre confiança para que tenham confiança em você

O líder sabe que para ganhar confiança e respeito de suas equipes, precisa mostrar o mesmo.

Ao dar autonomia para o funcionário, o gestor mostra que respeita, confia e valoriza o trabalho de cada um. Isto reverterá em admiração as suas capacidades de liderança e o resultado refletirá em equipes de alta performance altamente integradas e trabalhando em harmonia.

Aposte na transparência

Todos os membros da equipe precisam conhecer os objetivos e as metas da organização com muita clareza e estar cientes de todas as etapas dos projetos, para caminharem na mesma direção rumo aos resultados desejados.

Tenha uma relação equilibrada com seus funcionários

Um ambiente de trabalho agradável é essencial para o crescimento sustentável de uma organização. Funcionários felizes e saudáveis são mais proativos, criativos e produtivos, e tudo isso também é fruto de uma relação equilibrada entre líderes e subordinados.

Nunca use de agressividade com seus colaboradores e jamais permita que haja desrespeito entre eles. Valorize quem ajuda a construir e solidificar a sua marca, independentemente do cargo ou posição que ocupa.

Isso fará de você um líder admirado, inspirando sua equipe com seu estilo de gestão para agir em nome da companhia e fazer jus à autonomia recebida.

Invista na capacitação dos funcionários e crie um plano de carreira

A construção de um time autônomo, criativo, eficiente e eficaz passa pela capacitação dos funcionários. Para delegar tarefas confiando nos resultados, é necessário investir em um treinamento que tenha por objetivo fomentar um desenvolvimento de alta performance, o crescimento profissional e a tomada de decisões.

Vale ressaltar que esse é um processo contínuo por meio do qual é possível desenvolver e trabalhar:

  • A visão de interdependência entre todos os profissionais que fazem parte da equipe;
  • O reconhecimento dos próprios limites;
  • O respeito ao próximo;
  • A lealdade na competição;
  • A atitude de arcar com as consequências das próprias ações, sejam elas positivas ou negativas;
  • A autocrítica permanente.

Além disso, nada mais desmotivador para o colaborador do que permanecer anos se dedicando para uma empresa e não conseguir nenhum aumento e, muito menos, uma promoção interna.

Para concluirmos 

A autonomia dos colaboradores é importante para fortalecer o comprometimento das equipes com a empresa. Uma equipe sincronizada está em vantagem competitiva no mercado e poderá conseguir resultados melhores.

Quer saber mais sobre como investir na sua equipe e tornar os seus colaboradores cada vez mais produtivos? Continue acompanhando o Blog da Plantar Educação, temos conteúdos novos toda semana!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp