Metodologias de aprendizagem: o que é, quais as principais e como aplicar

Marcos Paulo Barbosa
metodologias de aprendizagem

As metodologias de aprendizagem servem para nortear as ações tomadas pela escola em direção aos objetivos do ensino. 

É por meio do método de ensino que a escola definirá quais conteúdos serão ensinados — tendo como fundamentação a Base Nacional Comum Curricular —, o método de ensino, qual será a maneira de avaliação e de reavaliação, se necessário.

No entanto, sabemos que atualmente os estudos se difundiram de uma maneira muito rápida.

É pensando nisso que trouxemos este conteúdo. Iremos te mostrar quais são as principais metodologias de aprendizagem e como elas podem ser aplicadas. Vamos lá?

O que são as metodologias de ensino?

A palavra metodologia tem origem no termo que vem do latim “methodus” e o seu significado está relacionado a forma de direcionamento dada para a realização de um objetivo. 

Sendo assim, as metodologias de aprendizagem compreendem todos os modelos utilizados pelos educadores para que os alunos sejam capazes de se desenvolverem e ampliarem os seus conhecimentos.

Cada instituição de ensino utiliza um método para atingir tal objetivo e cada professor busca direcionar os alunos ao aprendizado da melhor forma seguindo as diretrizes da escola.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é uma metodologia de ensino, é preciso entender que inúmeros e diferentes métodos pedagógicos podem ser aplicados. A seguir abordaremos brevemente sobre como alguns deles funcionam. Acompanhe!

Como as metodologias de aprendizagem favorecem o aluno?

Quando os alunos participam efetivamente de uma aula, como protagonistas, interagem muito melhor com o conteúdo e aprendem com maior facilidade. Outro grande benefício é que os estudantes desenvolvem senso crítico e competências socioemocionais para solucionar problemas.

Além disso, desenvolvem confiança, autonomia, empatia, criatividade e responsabilidade, entre outros. Para os professores, as vantagens também são inúmeras, como a satisfação e a liberdade para apresentar suas aulas.

Já para as escolas, as metodologias são um meio de monitorar o desempenho individual de cada aluno, já que os professores conseguem identificar as dificuldades dos estudantes, e a instituição estará assim preparada para ajudar na resolução desses desafios.

Quais são as principais metodologias de ensino?

As linhas pedagógicas se distinguem de várias maneiras, as diferenças mais evidentes estão na forma em que o conteúdo é abordado e no papel que os professores desempenham em sala de aula. 

Vamos entender melhor quais são elas?

O método de ensino tradicional

A metodologia de ensino tradicional é a mais disseminada no país – e no mundo. Consiste, basicamente, no ensino centrado na figura do professor, em uma relação de exposição de conhecimento e cobrança completamente vertical.

Além das aulas expositivas, existe uma pressão por resultados mensuráveis e há reprovação dos alunos que não obtêm desempenho suficiente a partir desta diretriz.

O método de ensino construtivista

Ao contrário da metodologia de ensino tradicional, o método de ensino construtivista coloca o aluno no centro do processo de aprendizagem, fazendo com que ele desempenhe um papel ativo na busca por conhecimento na medida em que o senso crítico é estimulado por meio de questionamentos. 

Desta forma, cada aluno tem a oportunidade de ser protagonista do seu próprio processo de aprendizagem e de se desenvolver no seu tempo. Além disso, os estudantes participam da estruturação do currículo que é flexibilizado de acordo com seus respectivos perfis.

O método de ensino montessoriano

Este método de ensino busca garantir a autonomia máxima do aluno sobre o processo de aprendizagem. Neste contexto, os pais e professores se tornam apenas facilitadores do conhecimento, disponibilizando meios para que os alunos escolham os temas de interesse para que possam ser pesquisados e estudados.

Em relação à faixa etária, as classes são mistas, ou seja, alunos de diferentes idades podem ter interesses de aprendizagem semelhantes. Os principais objetivos desta metodologia de ensino é estimular a criatividade e a independência dos alunos.  

O método de ensino waldorfiano

A metodologia de Waldorf incentiva a imaginação e a criatividade, direciona os alunos ao pensamento autônomo e entende que o desenvolvimento e a compreensão dos seres humanos, relacionados aos mais diferentes âmbitos, precisam levar em conta a individualidade de cada aluno.

Esta metodologia de ensino prioriza as atividades que incentivam o pensar, o agir e o sentir – e considera fundamental o equilíbrio entre a atividade intelectual e a prática, entre o esforço e o descanso.

O método de ensino sócio-interacionista

Esta metodologia de ensino considera que é por meio da interação entre o sujeito e a sociedade que o processo de aprendizagem se dá. Sendo assim, o método de ensino sócio interacionista entende que o ser humano pode modificar o ambiente e que o ambiente é capaz de modificar o ser humano.

No contexto escolar, o educador assume o papel de mediador para incentivar os progressos que teriam dificuldade ou não seriam capazes de ocorrer espontaneamente.

As metodologias ativas

As metodologias ativas são uma nova visão em contraposição ao ensino com foco no professor como o detentor de todo o conhecimento, e o aluno ocupando uma função passiva. Então, tais métodos se destacam como uma maneira diferente de enxergar o aprendizado.

O uso de metodologias ativas é muito importante para que as escolas possam desenvolver um maior envolvimento e potencial de reflexão e investigação, não somente dos alunos, mas nos professores também. Entre as diferentes perspectivas de métodos ativos que podem ser desenvolvidas na aula, podemos citar:

  • Gamificação;
  • Ensino híbrido;
  • Sala de aula invertida;
  • Seminários e discussões.

Quer saber mais sobre? Confira nosso conteúdo completo em: Entenda o que são as metodologias ativas de aprendizagem.

Conclusão

Se o método é um caminho, a escolha dele deve ter como objetivo final a garantia da aprendizagem.

Diversificar os métodos de ensino não só amplia as alternativas de aprendizagem dos alunos, como também leva mais possibilidades para a sala de aula.

Pronto para aplicar as melhores metodologias de aprendizagem e ter sucesso no que é ensinado e aprendido?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp